Categories TOP NEWS

Italianos dominam o segundo dia do Mundial de Asa Delta em Brasília

Nesta quinta-feira (10), grande parte dos pilotos fizeram seus pousos na Esplanada dos Ministérios e alteraram a rotina da Capital Federal

Os brasilienses tiveram, nesta quinta-feira (10), a primeira de várias oportunidades de assistir de perto os melhores pilotos de asa delta do mundo voando no céu da cidade. E, assim como na abertura da 21ª edição do Mundial de Asa Delta, os italianos dominaram a classificação. Desta vez, três dos quatro primeiros colocados eram da Seleção da Itália. Enquanto o atual campeão mundial, Christian Ciech, garantiu sua primeira vitória, seu companheiro Alessandro Ploner foi o segundo colocado e se manteve na liderança do evento. Quem estragou a festa italiana no pódio, ao terminar em terceiro lugar, foi o alemão Primoz Gricar, que finalizou a prova poucos segundos na frente de Filippo Oppici (ITA).

Christian Ciech foi o primeiro a finalizar a prova, completando os 123,1 km em 2h20min54, com uma média de velocidade de 49,6 km/h. Na sequência vieram Ploner e Gricar, ambos concluindo em 2h21min20. Filippo Opicci (2h21min310) e o tcheco Dan Vyhnalik (2h21min36) completaram o top 5. O excelente resultado no dia fez Ciech pular da quarta para a segunda colocação geral, com 1.923 pontos. Ploner segue na liderança, com 1.940, enquanto o francês Mario Alonzi caiu para a terceira posição, com 1.881, após terminar em 11º lugar.

“As condições de voo foram ótimas. No primeiro dia também foi muito bom, mas a questão de pousar pela primeira vez dentro de Brasília, na Esplanada dos Ministérios, foi emocionante demais. Voei o tempo inteiro perto do teto, e estou muito feliz por ter pontuado bem nestes dois dias. A expectativa para esta sexta-feira (11) é tentar repetir o que fiz no primeiro dia, vencendo outra corrida e, desta forma, seguir na liderança”, destacou Alessandro Ploner.

Outro italiano que subiu na classificação foi Filippo, de sétimo para quarto lugar, com 1.858 pontos, porém, bem próximo do quinto colocado, Primoz, com 1.854. “Foi uma prova muito boa para mim. Como se pode ver, vários pilotos chegaram no goal, o que significa que foi um dia bom pra voar. Ter três atletas da Itália entre os quatro melhores nos dá muita confiança. Por isso, nesta sexta-feira meu objetivo será o mesmo de meus companheiros, lutar pela vitória”, comemorou.

O melhor brasileiro do dia foi David Brito Filho, o sexto colocado, somando 951 pontos. Além de David, Carlos Niemeyer (913) em 14º, e Rafael de Mello (910), em 15º, também tiveram colocações significativas, ajudando o Brasil a subir da quinta para a terceira colocação na classificação geral, agora com 5.292 pontos. Os italianos seguem na liderança, com 5.721, e os tchecos aparecem em segundo, com 5.369.

“Consegui liderar bastante tempo a prova e estive sempre entre os primeiros durante o voo. Daqui para frente, precisamos melhorar. Estamos ainda atuando de forma regular, então, é hora de começar a chegar entre primeiro ou segundo, para poder brigar pelo título de equipes. Os italianos estão muito bem, sabem voar como time, será muito difícil, mas vamos lutar até o final”, destacou David Brito.

Rafael de Mello avaliou o seu desempenho, desde o início do voo até os momentos decisivos. “Prova de mais de 120 km e no começo do voo estava difícil ganhar altura e, assim, muitos pilotos voavam juntos. As térmicas estavam raras no início, mas depois melhorou. Deu para fazer um voo de bastante velocidade, com uma média bem rápida de quase 50 km/h. No fim, foi um dia muito bom”.

Alvaro Sandoli, o Nene Rotor, também opinou a respeito do segundo dia. “O céu estava seco e o teto bem alto. As condições de voo estão nos surpreendendo, porque nos dias de treino antes do campeonato, chegou a ficar bem ruim, turbulento e com muita nuvem. Chegou a fechar 100% o céu e desde o início do Mundial abriu e ficou super bom. Particularmente, poderia ter ido melhor, mas cheguei atrasado na rampa por uma troca de equipamento e acabei me atrasando. Cheguei no limite e isso me estressou, mas analisando friamente, o resultado foi bom”.

Mais resultados – Os resultados divulgados acima são extra-oficiais. Para conferir as pontuações e classificações de todos os participantes do Mundial de Asa Delta, individuais e por equipes, basta acessar o endereço: http://eventos.cbvl.esp.br/pt/21-fai-mundial-de-asa-delta-brasilia-2017#resultados. As informações completas dos inscritos, programação, tempo real (live tracking) e demais informações também estão disponíveis no site.

Os países – Após a confirmação das inscrições realizadas entre domingo (6) e segunda-feira (7), 26 países participam do 21º Campeonato Mundial de Asa Delta de Brasília: Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Guatemala, Holanda, Hungria, Israel, Itália, Japão, Liechtenstein, México, Noruega, Nova Zelândia, Paraguai, República Tcheca, Suécia, Suíça e Venezuela.

O local das decolagens – Localizada a 92 km da Capital Federal, a cidade goiana de Formosa conta com uma rampa a cerca de 1.000 metros de altitude e, por possuir clima seco e vento constante, atrai atletas brasileiros e estrangeiros praticantes do esporte, recebendo anualmente, desde 1984, uma das etapas do Campeonato Brasileiro de Asa Delta. No ar, a distância de um voo direto é de 73 km, mas como o percurso da prova passa por pontos obrigatórios (tasks) os pilotos voam de 90 a 150 km, de acordo com os pontos escolhidos pelos organizadores. Este trajeto é definido de acordo com a previsão meteorológica do dia de cada etapa.

O Campeonato Mundial de Asa Delta tem como patrocinadores máster a Caixa e o Governo Federal. O evento conta com os apoios de Gollgi, Governo de Formosa, CONFAE, Secretaria do Esporte e Lazer de Brasília, Museu Nacional, Secretaria de Cultura, Aeroporto de Brasília, Força Aérea Brasileira (FAB), Bombeiros de Goiás, Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, Rádio Transamérica, Home – Hospital Ortopédico e Medicina Especializada, Sportfisio, Super Ar – Escola de Voo Livre, Sol Paragliders e o Grupo Voe Tur, como a agência oficial de turismo. É uma realização da Confederação Brasileira de Voo Livre (CBVL), Federação Aeronáutica Internacional (FAI) e Confederação de Aerodesporto Brasileiro (CAB), em uma produção da Zenith Marketing.

Serviço:
Campeonato Mundial de Asa Delta
Data: 6 a 19 de agosto
QG da Organização: Área externa do Museu Nacional, Brasília (DF)
Local dos voos: Rampa do Vale do Paranã, em Formosa (GO)

Programação:
Competição: Entre 9 a 18/08
Premiação e cerimônia de encerramento: 19/08 às 10h no QG

Mais informações:
Site: http://www.brasilia2017.com.br/
Facebook: www.facebook.com/Brasilia2017

Assessoria de imprensa local:
70 Mil Assessoria e Consultoria
Taíssa Costa / Adriana Nasser
E-mail: 70mil@70mil.com.br

Assessoriade imprensa nacional:
ZDL Sports
Gustavo Coelho / Doro Jr. – Mtb 13209
E-mail: gustavo@zdl.com.br

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

About the author