Categories TOP NEWS

Mundial de Asa Delta tem primeiro dia de competições nesta quarta-feira (9) em Brasília

O esporte estará no centro das atenções de Brasília nos próximos onze dias. Isso porque a partir desta quarta-feira (9) e até o sábado da semana seguinte, dia 19, os melhores pilotos do mundo invadirão o céu da Capital Federal, durante a 21ª edição do Campeonato Mundial de Asa Delta. A competição terá voos diários entre o Vale do Paranã, em Formosa (GO), sempre das 12h às 13h, e a Esplanada dos Ministérios, com as aterrissagens entre 15h e 17h.

“Está tudo pronto em Brasília e Formosa para a 21ª edição do Campeonato Mundial de Asa Delta – Brasil 2017. Nesta terça-feira (8), tivemos o dia de treino oficial, com aproximadamente 40 pilotos na rampa do Paranã, entre eles, italianos, checos, israelenses, americanos. Enquanto a grande maioria reservou o dia para descansar, inclusive a equipe brasileira, pois serão dez dias intensos de competição, outros preferiram vir para Vale do Paranã e fazer um treinamento final”, destaca Chico Santos, presidente da Confederação Brasileira de Voo Livre (CBVL)

Conhecida mundialmente como a “Havaí do Voo Livre”, Brasília é um dos locais ideais para a prática de voos livres no País. A cidade possui ventos predominantes do quadrante leste e o clima bastante seco nesta época do ano, que proporcionam voos fantásticos de até cinco horas de duração. As correntes térmicas são aproveitadas pelos pilotos para ganhar altura e realizar voos de até 170 km de distância, utilizando somente as forças da natureza.

O Brasil já foi sede do Campeonato Mundial em duas ocasiões, em Governador Valadares (1991) e em Brasília (2003), e venceu uma vez no individual e outra por equipes. O primeiro e único atleta a colocar o País no lugar mais alto do pódio individual da competição foi Pepê Lopes, em 1981, em Beppu (Japão). Em 1999, em Monte Cucco (Itália), o País garantiu o único título de nações, além de duas colocações no pódio individual, com André Wolf e Pedro Matos, segundo e terceiro colocados, respectivamente.

Na primeira vez em que o Brasil foi sede, em Governador Valadares (MG), os destaques vieram com a segunda colocação de Pepê Lopes, o terceiro lugar de Paulo Coelho e o vice-campeonato da seleção nacional. No mundial de 2001, em Algodobales-Cadiz (Espanha), o Brasil foi o vice-campeão, repetindo a colocação em 2003, em Brasília, quando a Capital Federal recebeu seu primeiro Mundial até então. De lá para cá, o País não teve mais atletas no pódio do evento.

Favoritos – Um dos favoritos é o atual campeão mundial, o italiano Christian Ciech, vencedor no Valle de Bravo, no México, em 2015. Outros pilotos, também candidatos ao título, são os atuais cinco primeiros do ranking: o australiano Jonny Durand, número 1 do mundo e vencedor do Pré-Mundial em 2016, disputado em Brasília, o brasileiro André Wolf, vice-líder, os italianos Filippo Oppici e Davide Guiducci, e o austríaco Thomas Weissenberger.

Os países – Após a confirmação das inscrições realizadas entre domingo (6) e segunda-feira (7), 26 países participam do 21º Campeonato Mundial de Asa Delta de Brasília: Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Guatemala, Holanda, Hungria, Israel, Itália, Japão, Liechtenstein, México, Noruega, Nova Zelândia, Paraguai, República Tcheca, Suécia, Suíça e Venezuela.

O local das decolagens – Localizada a 92 km da Capital Federal, a cidade goiana de Formosa conta com uma rampa a cerca de 1.000 metros de altitude e, por possuir clima seco e vento constante, atrai atletas brasileiros e estrangeiros praticantes do esporte, recebendo anualmente, desde 1984, uma das etapas do Campeonato Brasileiro de Asa Delta. No ar, a distância de um voo direto é de 73 km, mas como o percurso da prova passa por pontos obrigatórios (tasks) os pilotos voam de 90 a 150 km, de acordo com os pontos escolhidos pelos organizadores. Este trajeto é definido de acordo com a previsão meteorológica do dia de cada etapa.

O Campeonato Mundial de Asa Delta tem como patrocinadores máster a Caixa e o Governo Federal. O evento conta com os apoios de Gollgi, Governo de Formosa, CONFAE, Secretaria do Esporte e Lazer de Brasília, Museu Nacional, Secretaria de Cultura, Aeroporto de Brasília, Força Aérea Brasileira (FAB), Bombeiros de Goiás, Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, Rádio Transamérica, Home – Hospital Ortopédico e Medicina Especializada, Sportfisio, Super Ar – Escola de Voo Livre, Sol Paragliders e o Grupo Voe Tur, como a agência oficial de turismo.  É uma realização da Confederação Brasileira de Voo Livre (CBVL), Federação Aeronáutica Internacional (FAI) e Confederação de Aerodesporto Brasileiro (CAB), em uma produção da Zenith Marketing.

Serviço:
Campeonato Mundial de Asa Delta
Data: 6 a 19 de agosto
QG da Organização: Área externa do Museu Nacional, Brasília (DF)
Local dos voos: Rampa do Vale do Paranã, em Formosa (GO)

Programação:
Competição: Entre 9 a 18/08
Premiação e cerimônia de encerramento: 19/08 às 10h no QG

Mais informações:
Site: http://www.brasilia2017.com.br/
Facebook: www.facebook.com/Brasilia2017

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

About the author